Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

en nous

fiz de ti uma ponte entre eu e meus instintos profanos, sagrados secretos vale esse crime? vale esse olhar? suspiros, toques, pele que não hesita, que se excita esquece a saída quando a saída mesmo é estar. aqui agora eu, tu corpo, pele, lábios e o infinito que cabe nesse instante de não caber em nós. te desvendar e me desvendar
a sós...