Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

Comin' Home

Estou voltando... voltando para tudo aquilo que me fez ser um dia Canções, livros, amigos... Tudo o que me deixa em paz merece um altar particular. Por que estar centrada a essa altura é tão difícil? É necessário uma distração de tudo e de todos. Sair, sentir, ver paisagens, cores, pessoas, rostos amigos, velhos conhecidos... Estou voltando... voltando para aquilo que eu nem sei se existe mais. Será que eu ainda sou? Reparte a soul. Dói tanto... tanto... tanto... recolher os pedaços daquilo que fui. Estou voltando... voltando para algo que sequer deixei para lá. E eu grito... grito... gritos que não fazem ecos, nem sons, gritos... nos silêncios do meu ser silenciado. Por quê? Estou voltando... Estarei voltando para algo que não resta nada, além disso. Isso. Por que estou voltando...? Eu terei voltado E desvoltando tudo aquilo que deixei de crer Somente eu e mesma.
No regrets.

Céus

O céu cheio de estrelas
E o coração seu.
Céu seu
Céu meu
Quantos céus cabem no intervalo de ser teu?
Brilha, brilha
Todo meu
Todo seu
Todo nosso.
Completo, inteiro
O infinito do céu da sua boca no céu da minha.