Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

Armadilha

O amor me pegou para dormir.Me deu colo Cafuné Aconchego Afago. Me deixou quente, Forte. Tirou as mágoas Apagou o passado, As dores Dum peito rasgado. Coloriu a vida Os dias. Pintou as flores O céu As nuvens Trouxe as estrelas A luz E teu sorriso Pra eu contemplar. Me trouxe você Para construir Um nós Sem nós.

Entre Cigarros e Vinhos

Quando tu me deixastes busquei ser o melhor de mim. Confesso que fiquei duas ou três noites, não me recordo ao certo, entre vinhos e cigarros tentando descobrir o porquê dessa tua partida repentina, sem motivos muito extensos. Me vestia no teu blusão, me sentava na cama, que antes fora tua, e me alimentava de mágoas, cigarros e vinho barato. Não encontrei um motivo plausível.A luz insistia em invadir, mas nada iluminava.  Eu sei que nem tudo na sua vida tem motivo, mas sempre achei que te daria motivos suficientes para me querer sempre ao teu lado. Procurei sempre te oferecer o melhor de mim, esquecendo por muitas vezes que eu também existo. Olho para os esmaltes vermelhos descamando em minhas unhas e lembro do quanto você ria de mim por chegar em uma sexta-feira tão destruída mas dizendo que me preferia assim, pois eu era linda de qualquer forma. Aos sábados me contemplava por ser a mais bela entre todas, apenas por acordar e estar com teu blusão preferido. Você adorava me ver descabe…