Pular para o conteúdo principal

Amor e Sexo? Amor é Sexo? Sexo sem Amor?

Sempre houve um Tabu imenso ao falarmos sobre sexo, amor, luxúria, tesão e todas as coisas que englobam esses termos.
Hoje em dia, sexo e amor não passam de ferramenta de prazer que se satisfaz em apenas 30 minutos. Os sentimentos quanto a isso ficaram de lado ou ficaram pra na hora do orgasmo.
Certa vez ouvi uma amiga dizer que fazer amor é apenas uma forma "românticazinha" que os apaixonados encontraram de falar que fazem sexo com o parceiro. Bem, minha opinião é totalmente diferente quanto a isso.
Amor sempre foi o auge de todas as relações, o sentimento mais forte e (des)humano que alguém pode sentir em relação ao próximo. E uma das formas de demonstrar que se ama realmente outrem, era se entregando, fazendo amor com aquela pessoa. Hoje em dia, amor é um verbo conjugado por qualquer pessoa, seja ela primeira, segunda e principalmente, terceira que nada mais tem a ver com os princípios passados. É fato raro que encontre-se pessoas que exaltem a figura do romantismo, do amado perfeito, do amante à moda antiga. Acho que isso sim, é realmente se entregar.
Sexo, hoje em dia, nada mais é do que uma forma de dizer que é madura, que conhece o mundo e a vida. Não querendo criticar, mas o funk é a própria imagem denegridor do amor e do sexo. Hoje, não passa de uma ferramenta de prazer que após os 30 minutos você desconhece aquela pessoa que, para os românticos, acabou de receber o mais alto símbolo do amor.
A culpa é de quem? Muitos culpam a internet, a televisão, novelas. Não! Nada disso tem a ver com a imagem denegrida que criaram do amor/sexo, nada disso tem a ver com a promiscuidade que envolvem os assuntos relacionados a isso. Confundir liberdade com promiscuidade é a mesma coisa que confundir pão com macarrão, água com fogo, sol com chuva e etc.
É triste ver que clamaram, e ainda clamam tanto por liberdade, mas não conseguem usufruir desta. Acabam distorcendo-a, como um pavê derretido. Triste fato.
Essa geração alienada de computadores e televisão deveria aprender os verdadeiros valores do amor e do sexo, antes de sairem gritando aos quatro ventos que pegou mais de 20 em uma micareta, ou mais de 5 em uma noite só. Se não quer aprender a fundo mesmo os valores amorosos, apenas deem uma lida no dicionário e verá que amor e sexo andam juntos, e no meio das inúmeras definições do amor, estará lá uma assim:
Amor: sm (....) 4. Inclinação sexual forte por outra pessoa.
Amor e sexo distanciam-se no dicionário mas, em alguns corações, unem-se como num sentimento só.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

depois

Das coisas que não devem ficar para depois:
silêncios;
abraços;
palavras;
soluços;
sorrisos;
amor,
amor,
amor.

Eternidade é momento.

Rubi

Se preparava para sair. Era mais uma noite. Mais uma de tantas, mais uma de muitas. Gal Costa em um volume agradável, dizia: “Sou dessas mulheres que só dizem sim”. E talvez ela fosse dessas mulheres que só dizem sim. Um preparo, uma taça de vinho, aquela noite era dela. Apesar de ser uma pessoa diurna, sentia que algumas noites reservavam coisas especiais destinadas para ela. E ela seguia... Ritual de sempre: cabelo, roupa, maquiagem. E o velho companheiro lá, espreitando tudo e esperando para o gran finale. Sabia que sua hora chegaria, sabia que sua hora preciosa de estar naquelas mãos pequenas chegaria e ele aguardava suavemente. Joga o cabelo para cá, amassa de lá. Volume importa! Roupa 1, não Roupa 2, nem pensar Roupa 3, ok. Talvez. Não sabe. Deixa em aberto essa questão. Parte para a maquiagem. Processo chato, processo demorado. Gostava da própria pele, gostava do jeito que a sua pele tinha histórias para contar. Cada sorriso, cada olhar de surpresa, de susto, de alegria, cada ‘cada’ de se…