Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2010

All You Need Is Love

Love, love, love
Love, love, love
Love is all you need.

Dias (In)úteis.

Talvez se eu não te amasse de verdade, cansaria de te esperar e correria pros braços e abraços de um outro alguém.
Mas, fazer o quê?
Eu te amo muito e de tanta verdade que não sei dizer. E te espero, te espero sentada, queimando este cigarro que, se falasse, contaria todas as histórias de nós dois aos quatro ventos. Tantas e tantas histórias entre as cinzas e a ponta do cigarro. Entre minha mente e meu coração, sua alma e seu coração.
Vamos lá, o cigarro está acabando. E estou a te esperar. Só o meu amor por você e essas lembranças que não acabam.
Não demore.
Minha flor, meu bebê.

Ao final, o amor prevalecerá.

Há quem diga que os amores estão acabados, que isso é piega e não vale a pena se entregar.
Há quem acredite que a vida está muito boa, vivendo-se assim, sozinha.
Porém, há quem acredite que ao final de tudo, o amor prevalece.


L'amour brûle toujours vives au sein de chacun de nous. Asleep. (Foto por Albert Eisenstaedt: Marinheiro e Enfermeira, final da Segunda Guerra Mundial.)

Look at inside.

Sem pieguice e falso moralismo.

Meditação

O sorriso, o amor e a flor.
Sonhos.

Tão Sua

Me agarro à você e me apego.
Me apego ao teu cheiro, me apego ao teu jeito, ao teu gestos, aos teus beijos.
Beijos no ombro, no olho, no nariz, na boca.
Gestos pequenos, grandes, essenciais.
Cheiro inesquecível, jeito inconfundível.
Estou acostumada a você, a nós. Aos nossos vicios, manias, risos, bobeiras.
Sinto-me cada vez mais necessitada disso, como se fosse uma droga da qual a abstinência se tornou fatal.
Não fuja, permaneça.
Permaneça por quanto tempo você quiser, por quanto tempo achar necessário. Se o pra sempre não existir pra você, faremos uma forcinha e juntos construíremos o nosso "Pra Sempre."