Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2010

Do Contra.

Você já se sentiu indo contra uma multidão furiosa, sozinha, apenas você e suas ideologias?
Eu me sinto assim quase o tempo todo.
Você já se sentiu odiada pela maioria avassaladora, já sentiu aquele tipo de olhar que quer te fuzilar por você contradizer tudo o que pensam, que sentem, que acreditam que possa ser verdade?
Na verdade, isso não é nada ruim. Pelo menos dentro de mim. Me sinto satisfeita por ser, talvez, odiada. Me sinto feliz por ser diferente, ter uma opinião diferente e gostar de coisas diferentes da juventude de hoje em dia. Pra mim, é muito prazeroso.
Enquanto puder e enquanto não conseguirem me calar, estarei por aí... Sendo do contra, sim!
Com prazer em expressar minha opinião, em debater e em ser mal vista pelo cotidiano cego e estúpido que me cerca.

Cadê?

Ultimamente ando tão cansada de tudo e de todos. Do mundo, dos meus amigos, da escola, e muitas vezes até de mim. O Mundo já não apresenta uma pequena graça se quer, a única coisa que ele anda apresentando são desgraças.
Olho pr'um lado vejo inveja, mentira, falsidade. Olho pro outro vejo vidas sendo jogadas fora por coisas tão pequenas, que chega a me dá pena. E sempre soube que pena é o sentimento mais medíocre que uma pessoa possa ter pela outra.
Não cobro, não exijo e nem ando pedindo muito do Mundo.
Acho que o que ele teve para nos oferecer, ele pôde e ofereceu, mas pegamos demais. E agora, ele está querendo tudo de volta, mesmo que seja à força.
Não está apresentando sentindo nenhum meu texto. Mas, o que faz sentindo hoje em dia pra você?
Pra mim, nada mais tem sentido.