Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2009

5 Minutos.

Sentei. Esperei. Tomei meu café, e olhei dentro dos seus olhos como se fosse a última vez. E era a última vez. Nós fracassamos, sim. Sempre fui fraca, mas você me fez suportar mais do que eu imaginava. Não sei como tantos planos foram pro ralo assim, num passe de mágica. Em apenas 5 minutos, tudo que eu sentia se esvaiu. A culpa não é sua, a culpa é só minha mesmo. Te enganei demais, né?! É, mas eu também me enganei. Não te culpo, apenas me culpo. Sinto falta do seu abraço, era aconchegante. Mas, eu prefiro estar sozinha. Funciono melhor, sei lá.

Novo Tempo

Então quis sumir, abandonar tudo. Deixar problemas, tristezas, desamores, mágoas lá atrás. Não quis mais lembrar do que lhe aflingia tanto naquele tempo. Nunca desejou tanto estar sozinha com ela mesmo, centrada. Quis esquecer todo aquele ano que trouxe à tona problemas passados, coisas que ela queria nunca mais lembrar. Então, esperava ansiosamente pelo pôr-do-sol. Porque ali ela tinha a esperança de anoitecer as mágoas. E com o nascer do novo sol, renascia sua alma, bela e esplêndida, como nunca tinha visto antes.

Sozinha

As vezes acompanhada da minha solidão, eu escuto só os tics do relógio. Estática, olhando pro espelho, juro que por muitas vezes vejo suas mãos tocar nos meus ombros, massageando como antigamente, dizendo que tudo ia ficar bem, e que nunca iria me abandonar. Engano seu. Você me abandonou, e nada ficou bem. Pelo menos pra mim. Lamento sua perda dia a dia, desesperada, tentando encontrar um pedaço seu pra preencher o vazio em mim que você deixou. Deitada agora, tento me tranquilizar. Mas, vem os tics do relógio e agora parece que eles gritam o seu nome incessantemente.

Puro Extâse

Se vestiu como se fosse matar alguém. Não digo matar com maldade, e sim matar com tesão, com muito desejo. Desejo forte que lhe ardia pelo corpo, vontade que não iria cessar nem tão cedo. Foi se divertir, como sempre. Brincava com dois ou três, e sempre saia acompanhada de um. Levava o homem pra sua casa, e fazia muitas sacanagens. Sacanagens das boas, porque ela era mulher fogosa, não se contetava com pouco. Homem que era homem tinha que aguentar, aguentar firme e eu tinha certeza que ela gostava de Homem, Homem mesmo, com 'H' maiúsculo.
Mas, entre essas idas e vindas, entre essas brincadeiras dela, algo que ela não contava jamais que fosse acontecer, aconteceu. Ela percebeu que tinha cansado de suas brincadeiras, de seus joguinhos de amor, e se apaixonou. Resolveu que queria amar, queria se entregar, dá uma chance ao maior tesão da vida, ao amor. E foi em busca disso, não mais das sacanagens que ela tava acostumada, e sim do amor da vida dela que ela ainda não tinha encontra…

Bate, Bate...

Um copo de whisky, uns cigarros já tragados no cinzeiro e minha solidão, tudo que eu tenho nesse momento. Eu queria voltar pra você, minha emoção também queria. Mas a razão, como sempre, falando mais alto que tudo e todos não me deixou sair por aquela porta que você saiu e correr atrás de você como sempre fiz.
Quando amamos não vemos o que fazemos, e só depois que você acorda, desperta, que você percebe quantas burradas fez. Eu corria, me humilhava por você, e você me tinha como se eu fosse uma a mais na sua vida. E eu sabia que podia ser mais do que "uma".Foi então que eu acordei após uma pancada muito grande na minha vida, que foi o barulho que você fez ao bater a porta saindo (provisoriamente) da minha vida. Hoje em dia eu tenho fortes dores de cabeça, não pelo whisky e pelas ressacas que ele me causa, e sim pelo barulho inconstante que você faz ao bater na minha porta pedindo pra voltar pra minha vida.

Breve (Ou distante) Futuro.

Eu não imagino mais ninguém além de mim, só eu mesma. Eu, meu blog e um whisky. Rs, isso mesmo, whisky. Homem não. Homem dá dor de cabeça. E entre uma dor de cabeça masculina, e uma dor de cabeça de ressaca, eu fico com a da ressaca.
Ressaca é aquilo, né. Você dorme chapada, de maquiagem borrada, com dor de cabeça. Acorda com dor de cabeça, toma um banho e tudo passa.
Mas amor, não. Amor não se esquece fácil, amor não passa fácil e a dor de cabeça sempre volta. Sem contar que você vive borrando a maquiagem de tantas lágrimas que ele causa.

"O uísque é o melhor amigo do homem. É o cachorro engarrafado"

(Vinicius de Moraes)

E eu...

E eu ouço Cazuza, Ana Carolina, Barão Vermelho, entre outros.
E eu leio, penso, reflito, viajo nas minhas emoções, volto pra razão, aterrizo como se fosse explodir em motivos que não me querem emotiva.
E eu, eu quero sossegar, quero ficar estática, sozinha, pensativa. Sem apurrinhações, sem nada que me preocupe ou me procure. Centrada, pensando em mim. Só em mim, o mundo agora gira todo ao meu redor.

Nada Como Um Dia Após o Outro.

Hoje eu me acordei diferente. Mesmo que triste por fora, feliz por dentro. Calada, centrada. Pensando mais em mim, não mais em você. Pensando em me fazer feliz, em me amar. Talvez tenha te deixado de lado, talvez tenha esquecido de você e lembrado mais de mim. É, hoje eu acordei assim. Acordei com vontade de me libertar daquilo que me sufocou durante um mês. Você me sufocou.
Talvez porque me jogaram um balde de água fria e eu resolvi acordar daquilo que eu acreditava ser um sonho que eu não tinha fazia um tempo. Talvez porque me envolvi demais na sua história, e acabei esquecendo da minha. Mas aí, eu lembrei e percebi que você não tinha se libertado da sua história. Então, nem valia mesmo a pena continuar insistindo naquilo.
Você era encrenca, eu era encrenca. E nós, nós nos encrencamos e empacamos. E você viu que não ia dá em nada, porque talvez eu fosse um nada pra você. E por um bom tempo, talvez uns dias eu achei que eu fosse um nada realmente.
Mas, aí chegou o hoje, o dia de hoje.…

Nunca irei entender.

Eu nunca irei entender porquê a gente quer tanto insistir em algo que não vale a pena, nunca.
Eu poderia até te largar de mão, tenho mil motivos pra isso. Mas, algo aqui dentro me puxa, me pega, me agarra e não me deixa sair, não deixa você sair. Algo mais forte que eu, mais forte até que meu orgulho que eu jurava ser enorme.

Ao longo dos meus relacionamentos construi barreiras, muros, deixei que crescessem espinhos, ervas daninhas contra sentimentos, não deixava ninguém entrar. E quando tentavam, era uma tentativa frustrada porque eu destruia qualquer início de sentimento, de apego, de afeto. Eu não queria, não podia enxergar nada além de mim, além do amor que sinto por mim. Egoísmo? Talvez, mas acho que não. Prefiro acreditar que eu estava cansada de me iludir e sofrer, isso é realmente triste.

Muitas vezes me perguntam, eu me pergunto até porque eu tenho tanto medo de me entregar novamente, de viver aquele carnaval amoroso, porque não tem mais coração e sim um cubo de gelo. Sincerame…

...

"E você me olha com essa carinha banal de "me espera só mais um pouquinho". Querendo me congelar enquanto você confere pela centésima vez se não tem mesmo nenhuma mulher melhor do que eu. E sempre volta."

(Tati Bernardi)

Mensagens Subliminares

Nós mulheres somos dotadas de um dom incrivel, que ninguém jamais pensou em possuir. Não falo de sexto sentido e todas as outras parafernalhas que nós já conhecemos, falo daquele dom de querer descobrir o significado de tudo o que nos falam e fazem conosco, principalmente os homens.

Fico impressionada com isso, eu sou assim por isso falo com tanta certeza. E me pergunto, por que será que levamos tudo tão ao pé da letra? Por que tentamos descobrir o significado de cada palavra, cada pedaço da conversa que temos com quem nos interessa? Isso chega a ser irritante.

Você passa ali horas e horas se martirizando, por quê ele fez isso, disse aquilo, agiu daquele modo. Pensando, martelando, tentando encontrar respostas pra suas perguntas, que sempre costumam ser milhares, e pensa coisas maravilhosas, coisas terríveis. Mas, será que vale a pena pensar tanto assim?

Imaginar milhares de situações é tão fácil, que chega a ser dificil encarar a realidade nua e crua da vida. Ser mulher é tão dificil e…

Solidão é um mal?

"(...)Posso te garantir que o verão solitário me deixou mais mulher, mais leve e mais bronzeada e que, depois de sofrer muito querendo uma pessoa perfeita e uma vida de cinema, eu só quero ser feliz de um jeito simples. Hoje o céu ficou bem nublado, mas depois abriu o maior sol. (...)"

(Tati Bernardi)

O Bicho Humano

Ultimamente ando meio fechada para relacionamentos, de todos os tipos, amorosos, amizades.
Se tenho um certo grupo, me mantenho com eles até o fim, porque sinto que não posso sair confiando em todo mundo.

Mas, sempre tem alguém que lhe chama a atenção, que parece que vai lhe resgatar de todo esse mal que lhe aflinge faz um bom tempo, que se aproxima do nada e faz você sentir algo que tinha esquecido. Alguém que por mais que você queira manter longe de sua intimidade, ela acaba invadindo sem nenhuma permissão aquilo que você preservava a 14 chaves. E lhe mostra como é grandioso um simples toque, um bom dia, ficar de mãos dadas.

Mas, de repente, você se fecha novamente. Sente vontade de fugir, de correr, sente que não está certo ou alguém lhe mostra que não está certo, que não era nada daquilo que você pensava ou sentia. De alguma forma, você ainda quer manter aquela pessoa na sua intimidade, nas suas conversas. Talvez seja a simplicidade do olhar, o jeito de abraçar, não sei dizer bem. T…

Liberdade ou Abstinência?

Quanto vale sua liberdade? Hoje em dia você é livre?

Não estou falando daquela liberdade de governo, nem nada. Estou falando daquela liberdade de fazer o que você quer, de ter sua opinião já formada sobre algumas coisas. Ou você se encontra em um estado de abstinência tão grande que não consegue enxergar um palmo a frente do seu nariz?
Esse tipo de coisa me deixa muito revoltada, será que vale mesmo a pena você ficar com uma pessoa sufocando sua liberdade, alguém lá sufocando você?
Eu sei, eu sei. Falo muito de amor e de seus pontos negativos, posso até ser pessimista nesse ponto. Será que eu tenho algum remorso guardado dentro de mim? Sim, eu tenho. Não tenho vergonha de falar mesmo, não. Mas, não é remorso dos meus relacionamentos antigos. É remorso do mundo, da vida, dessas pessoas tão companheiras que nele se encontram.
Tantas pessoas insistem em dizer que gostam, que amam, em falar coisas baixas pra tentar conquistar, fazer coisas baixas pra prenderem. Eu não me submeto a certas coi…

Saudade.

Hoje eu estava ouvindo um disco, e me dei conta de como é imensa a saudade existente em mim. Saudade das minhas amigas, da minha ingenuidade, de quando as coisas eram boas. Saudades da minha terra, saudades da minha família, saudades de um abraço verdadeiro realmente. É muita saudade.
Mas, o que é a saudade? Saudade é o sentimento que mostra que o passado não vai ser esquecido, mostra também que o que foi vivido foi bom e merece ser repetido custe o que custar, é o sentimento enorme por aquelas pessoas que fizeram parte de nosso passado. É angustia, é sofrimento, é alegria. São lágrimas, sorrisos, abraços, soluços e também confiança. É tudo aquilo que mostra que o passado valeu a pena.

Ê Saudade...

Anymore Than This.

Ultimamente eu tenho meio que convivido numa cama de gato, quando eu penso que as coisas vão de verdade, parece que algo as puxa para trás e isso é tão ruim. Tipo, faz um tempo que tento postar no blog e sempre que estou aqui a mil por hora, algo acontece. Ou sou vencida pelo sono, ou desligo o botão do computador com o pé. (Maravilha!)
Mas, quero falar de outra coisa. Outra coisa que realmente importa. Você gosta de quem?
Quantas vezes em nossa vida fomos questionados por essa pergunta, sem ter verdadeiramente o sentimento nela. Meu Deus, por que as pessoas cismam em confundir amar com gostar? Tristeza!
Se submetem a tantas coisas por conta de um abalozinho sentimental que não durará muito tempo, durará até você mudar seu grupo social e só. Deveríamos ser mais consciente quanto a isso, principalmente a juventude de hoje. O lema deles hoje em dia é: Te conheço hoje, te amo desde ontem. Que merda hein.
Na verdade as pessoas deveriam amar mais a si mesmas, prezar pelo amor próprio. Hoje em…

I've got right to be wrong.

É, eu tenho mesmo o direito de estar errada. Mas, até que me provem o contrário acharei todos os homens do mundo iguais. Por que? Porque eles também tem a mesma visão de nós, mulheres. Ao mesmo tempo que eles acham que todas somos cachorras, nós achamos que eles são cachorros.
Mas, por que tantos conceitos chulos das pessoas das quais "necessitamos" para viver? Porque é hoje em dia que essas pessoas se mostram para nós, hoje em dia ninguém pensa mais em princípios, amor -próprio. Deixe que digam, que pensem, que falem. Mas, a partir do momento que você deixa que todos falem mal de você, acaba se tornando mal falada, obviamente. E não há quem mude o conceito de uma pessoa quando ele já está formado.
Semana passada levei um Artigo de Opinião para a minha aula de Portugês, e falava da Falta de noção masculina. Nossa, não imaginam a confusão que foi. Foi, literalmente, a guerra dos sexos. Machismo x Feminismo, um querendo ser mais superior que o outro. Porém, eu esbravejei para a …

O dia mais feliz da vida de uma garota.

Ontem eu estava vendo um filme na sky, mais precisamente “Noivas em Guerra”, quando uma das personagens virou e falou assim: “É o dia mais feliz da vida de uma garota...” e se tratava do casamento. Me pus a pensar, será mesmo que é o dia mais feliz da vida de uma garota? Será mesmo que é isso que toda garota sonha pra sua vida? Um casamento, algo pelo qual você vai viver presa pro resto da vida.
Eu, particularmente não quero isso pra mim. Se bem que, eu tenho apenas 16 anos e tenho muito o que aprender ainda, mas pelas experiências que tive, nenhuma foi aquelas mil maravilhas pela qual todo mundo cita nos contos de fada. O que vejo nos casamentos hoje em dia é aquela velha e triste monotonia que os casais estão acostumados, e quando não é isso apelam pra traição. Mas, por quê traição se juramos na frente de Deus Todo Poderoso, ser pra sempre e está ao lado daquela pessoa na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a rotina nos separe. (É, eu sinceramente acho que o discurso…